Uma investigação foi já iniciada pelas autoridades. 

A Câmara de Glasgow sugeriu apagar as luzes da praça, em respeito e homenagem pelas vítimas, mas a polícia pediu para a Câmara manter a iluminação de modo a facilitar os trabalhos de recolha de provas.