Uma bebé sobreviveu 14 horas sob intenso frio ao lado da mãe, encontrada morta depois de o carro em que seguiam ter caído de uma ponte sobre o rio no Utah, oeste dos EUA, noticiou o Salt Lake Tribune, que cita fonte policial.

«O bebé estava na cadeirinha no banco traseiro do lado do passageiro. O carro estava capotado e por isso o banco de trás estava fora de água», afirmou o comandante da polícia de Spanish Fork City, Matt Johnson.

A bebé de 18 meses e a sua mãe, uma jovem de 25 anos, foram encontradas no passado sábado, cerca das 12:30, por um pescador no interior da viatura capotada. A identidade da jovem tinha sido protegida pelas autoridades, mas foi entretanto divulgada ao jornal Deseret News. Lynn Jennifer Groesbeck e a filha, Lily, regressavam a casa depois de terem visitado os pais de Lynn.

A bebé encontra-se internada continua no hospital Primary Childrens Hospital, em Salt Lake City, sendo a sua condição ainda crítica.

Também os três polícias e quatro bombeiros que responderam ao pedido de socorro foram levados para o hospital devido a hipotermia, revelou o comandante da polícia, acrescentando que os mesmos já tiveram alta.

De acordo com a família, a mãe da bebé saiu de casa cerca das 22:00 de sexta feira e um residente da área circundante do rio ouviu um barulho estranho pouco depois, mas não conseguiu ver nada. O acidente terá acontecido entre as 22:00 e as 22:30 de sexta-feira e a criança só foi encontrada durante o dia de sábado.

Familiares e amigos criaram uma conta para ajudar nas despesas médicas de Lily e nas despesas do funeral de Lynn.