Um avião caiu, no domingo, ao lado de uma igreja repleta de fiéis em Cambé, no norte do Paraná, no Brasil, matando os oito ocupantes, avança o G1. A aeronave caiu no armazém da empresa de transportes Excellence Transportes e não fez mais vítimas mortais por pouco.

Segundo o dono da empresa, Sérgio Tupo da Silva, em declarações ao jornal brasileiro, à hora do acidente, a igreja que se situa a apenas 20 metros da empresa estava repleta de pessoas.

A cerca de 20 metros de distância dali estava a decorrer uma missa numa igreja. Acho que lá estavam umas 300 pessoas mais ou menos. O avião entrou no meio do armazém e bateu no nosso camião. Acredito que se o camião não estivesse no local, a aeronave tinha atravessado o armazém e talvez tivesse atingido parte da igreja, que fica ao lado da transportadora”.

Ao embater no camião, o avião explodiu, provocando a morte a todos os ocupantes, sendo que duas crianças, o piloto e o copiloto tiveram morte imediata. Segundo Tupo da Silva, na hora do acidente não estava ninguém no armazém.

O avião tinha sido emprestado ao presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores Celetistas nas Cooperativas do Brasil (Fenatracoop), Mauri Viana, e as vítimas do acidente são seus familiares. De acordo com a assessoria de imprensa da Fenatracoop, o avião tinha sido inspecionada recentemente e tinha a documentação em dia. As causas do acidente estão a ser investigadas pelo serviço de prevenção de acidentes ligado à Agência Nacional de Aviação Civil.