As autoridades australianas confirmaram a morte do piloto da avioneta que participava nas operações de combate aos incêndios que lavram, há uma semana, no estado australiano de Nova Gales do Sul, e se despenhou, esta manhã.

Desconhecem-se as causas do acidente registado na localidade de Ulladalla, para onde foi destacado um helicóptero de resgate com socorristas e polícias. O pequeno avião caiu perto da localidade de Ulladalla, onde as condições meteorológicas e a proximidades das chamas têm dificultado o acesso das equipas de resgate à zona do acidente.

«Assim que as condições forem favoráveis vamos proceder à retirada do corpo» do piloto, disse o superintendente da área de Shoalhaven, Joe Cassar, em declarações citadas pela agência local AAP.

O Serviço Rural de Bombeiros informou que um incêndio, sem controlo, lavrava numa área de 3.800 hectares em Wirritin Ridge, a 36 quilómetros a oeste de Ulladulla, mas não precisou se a avioneta participava no combate às chamas nesse local antes de se despenhar.