Uma artista do Cirque du Soleil morreu durante a sua exibição num espetáculo este fim de semana. O acidente aconteceu num casino em Las Vegas.

Sarah Guyard foi declarada morta pouco antes da meia-noite de sábado, revela a CNN. No domingo à tarde ainda não havia conhecimento da causa da morte.

Segundo a porta-voz do Cirque du Soleil, Renee-Claude Menard, o acidente deu-se no final do espetáculo, cena em que os artistas são suspensos a pouco mais de 15 metros de altura por dispositivos controlados por wireless.

Dan Mosqueda, testemunha do acidente, revelou ao «Las Vegas Sun» que a mulher de 31 anos «estava içada no lado do palco e de repente caiu», acrescentando ainda que «ao início muitas pessoas acharam que era parte da coreografia».

Guyard, parisiense, era especializada em acrobacias de altura e fez espetáculos durante mais de vinte anos, afirma a CNN. A artista, conhecida por «Sassoon», fazia parte do elenco original da companhia, disse Guy Laliberté, fundador do grupo.

De acordo com a mesma fonte, o espetáculo foi cancelado e a companhia está a cooperar com as autoridades, fazendo esforços para apoiar os elementos do grupo «como uma família».