O choque de um autocarro contra a parede de um túnel, na China, provocou a morte de pelo menos 36 pessoas. Há ainda 13 feridos, segundo a agência oficial Xinhua.

O acidente ocorreu na quinta-feira, às 23:34 (16:34 em Lisboa), no túnel de Qinling, província de Shaanxi, na estrada que liga Xian e Hanzhou, no noroeste do país.

O autocarro tinha uma capacidade para 51 passageiros e transportava, nesta viagem, 49 pessoas. Pelo menos duas crianças seguiam a bordo.

O autocarro viajava desde Chengdu, capital da província de Sichuan, no sudoeste da China, para Luoyang, na província central de Henan, num percurso de cerca de mil quilómetros.

Nas imagens publicadas no Twitter é possível ver os estilhaços provocados pelo acidente, vários vidros quebrados e o pneu dianteiro, que explodiu.

A administração estatal de segurança no trabalho emitiu um comunicado, dizendo que o motorista está ferido com gravidade. A causa do acidente ainda está sob investigação.

A província de Sichuan viveu outra tragédia esta semana, já que 20 pessoas morreram e centenas ficaram feridas, na sequência de um terramoto que atingiu a região na terça-feira à noite.