A Guardia Civil espanhola deteve cinco monitores, na Gran Canária e em Tenerife, Espanha, suspeitos de obrigarem menores de idade a despirem-se e a lutarem uns contra os outros, num acampamento de Verão, informa o 20minutos.

O crime contra a integridade moral e a intimidade foi gravado por um outro jovem, que também foi detido por divulgar os vídeos na Internet.

Segundo o comunicado das autoridades, os menores eram obrigados a colocar-se «de quatro para, dessa forma, se baterem uns aos outros».

A investigação, iniciada em Fevereiro de 2008, teve origem na denúncia de uma mulher, que se queixava dos maus-tratos praticados com o seu filho durante um acampamento de Verão num hotel no sul de Tenerife.

As vítimas tinham entre 13 e 16 anos e contaram que os monitores os iam buscar durante a noite e que era esta a forma como os disciplinavam pelo seu mau comportamento.