A comissão australiana que está a investigar casos de abusos de menores disse esta segunda-feira que planeia focar-se na indústria do entretenimento, apelando às vítimas que façam denúncias.

A investigação surge depois de revelações de abusos por parte de várias figuras conhecidas do mundo do entretenimento, em vários países, incluindo o australiano Rolf Harris, que se encontra detido no Reino Unido.

Philip Reed, líder da Comissão para dar Resposta Institucional aos Abusos Sexuais contra Crianças, disse que quer ouvir relatos de quem tenha experienciado abusos ou tenha informação sobre casos dentro da indústria.

“Todas as pessoas que estejam a pensar falar, devem sentir-se seguras de que a confidencialidade da informação será protegida”, disse Reed.