ataque racista numa igreja
    Abraço viral foi captado pelo pai e partilhado no Facebook

Taylor Willis é a mulher negra da imagem. A criança, Parker, é filha de John Nettles, que usou o Facebook para fazer da imagem um fenómeno viral e de reflexão:

"Esta imagem foi difícil de fazer e difícil de editar ... porque Parker não entende como é poderoso o seu abraço. Para ele é apenas um abraço. Ele não entende que está a abraçar uma mulher negra e que ele é um menino branco. Ele não entende que na semana passada foi um outro rapaz branco que decidiu matar muitos negros só porque eles eram negros. Para ele é apenas um abraço a alguém. É provavelmente o abraço mais bonito que eu já vi"

Taylor e sua amiga Beth andavam pelas ruas de Charleston com cartazes a dizer "Abraços grátis" e slogans como "Charleston é forte". Uma iniciativa precisamente na sequência do ataque da semana passada. 

A polícia classificou-o como um "crime de ódio" e o presumível assassino foi detido. Chama-se Dylan Roof e tem 21 anos. A governadora do Estado da Carolina do Norte pediu a pena de morte para o jovem. 

O Presidente dos EUA, Barack Obama, tocou na ferida e disse que a América que não está curada do racismo.