O Governo espanhol vai modificar a lei do aborto em vigor em Espanha para «preservar o direito à vida» e «garantir a situação dos menores», afirmou hoje a «número dois» do executivo, Soraya Saénz de Santamaria.

De acordo com a agência Lusa, Saenz de Santamaria, que falava aos jornalistas depois da primeira reunião do novo Conselho de Ministros, presidido por Mariano Rajoy, afirmou que essas modificações já estavam previstas no programa eleitoral do Partido Popular.

Lembrou que esta modificação foi um compromisso público de Rajoy, que «cumpre os seus compromissos».