David O'Connor estava ao telefone com a filha Aaren, de 25 anos, quando esta foi atingida por uma bala perdida. Ambos ouviram o tiro, mas a jovem, que estava dentro do carro parado, numa rua de Chicago, nem se apercebeu que tinha sido atingida.

Em declarações à CBS, David conta que a jovem ainda disse ao pai “dói-me tanto a cabeça”. David só descobriu o que aconteceu à filha, depois falar com o namorado dela, que já tinha falado com a colega de apartamento da jovem.

“Não me apercebi na altura, mas tinha acabado de falar pela última vez com a minha filha”, contou David, em declarações á CBS.

Aaren foi encontrada inconsciente, com um tiro na cabeça, e conduzida ao hospital, onde acabou por morrer no último domingo.

O homem diz agora que a violência em Chicago sempre o preocupou desde que a filha se mudou de San Diego para lá, para estar mais perto do namorado e para trabalhar.