A cadeia de supermercados alemã Lidl pôs à venda no passado mês de abril pacotes de cigarros de enrolar à base de canábis, avança o El País

Os cigarros de enrolar podem ser comprados em embalagens de 1,5 gramas, que custam cerca de 15 euros e são feitos de canábis cultivada em  casa ou em embalagens de 3 gramas, que custam cerca de 16 euros e são feitos de canábis cultivada em estufas. 

As embalagens de cigarros vendidadas pelo LIDL contêm 0,8% de tetrahidrocanabinol e 21 % de cannabidiol. 

Produzidos por uma empresa local, The Botanicals, o produto é um substituto do tabaco e contém menos de 1% tetrahidrocanabinol (THC), o principal constituinte psicoactivo do canábis e uma elevada percentagem de cannabidiol (CBD), que é recomendada pelos especialistas para combater a ansiedade e os espasmos provocados pela esclerose múltipla. 

Localizada no nordeste da Suíça, The Botanicals oferece vários produtos como cremes e cosméticos produzidos à base de cannabidiol, destacando os compenentes terapeuticos da mesma. 

Os cigarros de enrolar já podiam ser comprados em cidades como Genébra, Zurique e Berna, uma vez que em 2011 passou a ser legal vender cânhamo a maiores de 18 anos, se tiver menos de 1% de tetrahidrocanabinol.

A venda de produtos à base da cannabis já existe há muito tempo na Suíça”, explicou o porta-voz do Lidl na Suíça, Mathias Kaufmann, garantindo que a cadeia "dá atenção às necessidades dos seus clientes".

 

O Lidl põe particularmente atenção nas necessidades dos seus clientes ao desenhar uma linha de produtos”, continuou Kaufmann, que gere 118 lojas existentes em todo o país. 

Ainda não existem dados de quantas embalagens foram vendidas até ao momento, mas o porta-voz do Lidl, que gere 118 lojas em todo os país, diz estar satisfeito com os resultados.