A Libéria anunciou, nesta terça-feira, uma nova morte por Ébola, mais de seis semanas depois de o país ter declarado a erradicação do vírus.

“Um novo caso de Ébola foi reportado na região de Margibi. O doente acusou positivo antes de morrer e foi já enterrado”, disse o porta-voz do Ministério da Saúde.

O responsável afirmou ainda a uma rádio que todos os que mantiveram contacto com a vítima foram localizados e colocados em quarentena, mas sem adiantar de quantas pessoas se tratam ou outros detalhes sobre a vítima.

“Estamos a investigar a origem deste novo caso. Pedimos aos liberianos e a todos os estrangeiros que aqui vivem para continuarem a tomar todas as medidas de precaução”, pediu o porta-voz.

As Nações Unidas já foram informadas deste novo caso de Ébola, que só na Libéria matou mais de 4.800 pessoas até ter sido declarado o fim do surto a 9 de maio passado.
 
O Ébola ainda não foi erradicado de países como a Guiné e a Serra Leoa.