Carnaval é a festa popular mais importante do Brasil, mas este ano os problemas económicos que afetam o país estão a levar ao cancelamento ou à diminuição das verbas públicas destinadas ao evento.

Mais de cinquenta municípios em nove estados brasileiros deixaram de patrocinar ou reduziram as festividades carnavalescas alegando que a crise afetou os cofres públicos e, este ano, os recursos usados para apoiar os desfiles serão aplicados em outras áreas.

O Recife, capital de Pernambuco, informou que investirá 25 milhões de reais no carnaval. Fazendo uma comparação com o ano passado, quando 35 milhões de reais foram destinados à organização da festa, verifica-se um corte de 10 milhões de reais.