O Presidente da Argentina, Mauricio Macri, visitou esta segunda-feira a cidade de Concordia para se encontrar com os residentes desalojados pelas cheias, que foram descritas por especialistas como “as mais severas da última metade do século”.

Concordia, a cerca de 430 quilómetros a nordeste da capital Bueno Aires, na província de Entre Rios, foi uma das cidades mais atingidas pelas cheias na Argentina.

Macri também liderou a reunião de um “comité de crise”, convocada para dar resposta à situação de emergência desencadeada pelas cheias.