O Instituto Nacional de Aeronáutica Civil (Inac) da Venezuela emitiu, no sábado, um comunicado, proibindo o voo de aviões privados e drones até 5 de setembro em todo o território venezuelano.

Proíbe-se a operação e circulação aérea no território nacional e demais espaços geográficos da Venezuela das aeronaves classificadas como de aviação geral e privada, em conformidade com o disposto na Lei de Aeronáutica Civil, assim como de todo o sistema de aeronave pilotada à distância, conhecido comummente como drone", a partir de hoje e até 05 de setembro, refere o comunicado.

O Inac não explica quais as razões que levaram à medida de proibição dos voos privados no país, mas analistas acreditam que tem a ver com a manifestação da oposição convocada para a próxima quinta-feira, 1 de setembro.