A polícia japonesa elevou o seu nível de alerta devido à cisão do grupo Yakuza Yamaguchi-gumi, a maior organização mafiosa do país, perante o risco de incidentes violentos entre os seus membros, informam hoje os ‘media’.

A Agência Nacional da Polícia do Japão ordenou aos agentes que reforcem ao máximo a vigilância, depois de uma divisão familiar nas suas fileiras, em 1985, ter originado uma onda de sangrentos crimes, referiu a televisão estatal NHK.

Fundada em 1915, com sede no porto de Kobe, no sul do Japão, a Yamaguchi-gumi é o mais respeitado e temido dos grupos Yakuza que, em 2014, conta com aproximadamente 23 mil filiados, valor que representa 43% de todos os membros de seitas do país, segundo dados das autoridades japonesas.