Os dramáticos desenvolvimentos dos últimos dias na Grécia levaram Angela Merkel a convocar todos os partidos com assento no Bundestag para reuniões onde será discutida exclusivamente a presente crise.
 
Segundo os media locais, a chanceler terá a segunda-feira preenchida por estes encontros. Os partidos serão informados da situação, mas não deverá haver decisões. O ministro da Economia e vice-chanceler, Sigmar Gabriel, já cancelou a sua visita de dois dias a Israel para estar presente em Berlim.
 
Num momento crítico aguarda-se pela posição de Angela Merkel, sabendo que Varoufakis já disse que a chanceler tem um papel fundamental para a resolução da crise.

O ministério alemão dos Negócios Estrangeiros recomendou entretanto aos alemães que pretendam ir para a Grécia que levem dinheiro suficiente, já que o país está à beira do colapso bancário.

Berlim convida igualmente os alemães de partida para a Grécia, um dos seus destinos de férias preferidos, que se mantenham informados “sobre a evolução da situação através das recomendações do ministério e dos meios de comunicação social.

Também a Holanda recomendou prudência aos viajantes, explicando que pode “ser difícil pagar com cartão de crédito”.