O presidente da câmara de Kharkiv, no leste da Ucrânia, foi hoje gravemente ferido a tiro por desconhecidos, informou a autarquia.

Guennadi Kernes «foi atingido a tiro nas costas», segundo um comunicado citado por agências locais. «Está a ser operado. Os médicos tentam salvar a sua vida», acrescenta, sem outros pormenores.

Segundo a agência EFE, Kernes, presidente da câmara desde 2010, começou por se opor às autoridades ucranianas saídas da crise de fevereiro, defendendo a realização de um referendo federalista em Kharkiv, mas depois de uma reprimenda oficial mostrou-se leal ao governo pró-ocidental.