Pelo menos seis reclusos morreram e oito conseguiram fugir de uma prisão brasileira após um motim, informaram na quarta-feira fontes prisionais.

O incidente ocorreu na quarta-feira na prisão de Jussara, no estado de Goiás, quando guardas prisionais foram controlados por reclusos.

Os reclusos pegaram fogo a várias celas e,  segundo as autoridades prisionais de Goiás, pelo menos uma vítima morreu decapitada e as outras carbonizadas.

Os reclusos que escaparam conseguiram levar as armas dos guardas.