Uma mala abandonada, esta quarta-feira, na cidade alemã na zona de Nuremberga junto a um centro de refugiados lançou o alerta sobre uma possível explosão.

A notícia, avançada pela imprensa alemã da região da Baviera, dava conta de uma mala com aerossóis que tinha explodido junto de um centro para refugiados na cidade alemã de Zirndorf.

No Twitter, a polícia da Baviera informou que tinha sido chamada ao local para uma ocorrência que dava conta de uma explosão e incêndio em Zirndorf.

Pouco depois, as autoridades publicaram outra mensagem onde garantiam não ter acontecido nenhuma explosão nem terem sido registados feridos. Na mensagem do Twitter pode ler-se que há membros da polícia no local e não existe nenhum alerta de perigo para as pessoas ou para o ambiente.

O site BR24 escreve que, no local, a brigada de explosivos detonou a mala de forma controlada. Esta informação não foi, contudo, confirmada oficialmente pela polícia.

Testemunhas oculares terão visto duas pessoas a fugir do local. Segundo a mesma fonte, a polícia está à procura de testemunhas que possam ajudar a identificar o homem, com cerca de 30 anos, e a mulher, de cerca de 25, que terão sido vistos no local.

As causas do incidente ainda estão a ser investigadas pelas autoridades, que entretanto fecharam a circulação naquela via.

Apesar do aparato, não se registaram vítimas nem danos materiais.

Este incidente acontece depois de, no domingo, um homem de 27 anos se ter feito explodir e ferido 12 pessoas, junto de um restaurante na cidade de Ansbach. Na sexta-feira, um atirador matou nove pessoas e feriu mais de 20 em Munique. 

Os recentes ataques na Alemanha, levaram as autoridades a reforçar a segurança nos aeroportos, estações de comboio e metro e nas fronteiras.