Francis Legare e o namorado Corey Vautour entraram para a história da Marinha canadiana. Tudo porque foram o primeiro casal gay a protagonizar o tradicional beijo de regresso a casa.

Habitualmente, o primeiro membro da tripulação a chegar a terra e beijar o companheiro ou companheira é escolhido por sorteio, através da venda de rifas. Os fundos angariados são destinados a causas sociais.

Francis Legare, que regressou de uma missão de oito meses, foi o sorteado e, por isso, foi o primeiro a sair da fragata Winnipeg, no Porto de Vitoria, protagonizando assim, com o namorado Corey Vautour, o primeiro beijo gay da Marinha.

Comprei a rifa porque todo o dinheiro vai para a caridade, não pensei que fosse ganhar”, contou Francis, que beijou o companheiro depois de 255 dias abordo. “Estou sem palavras”.

Nos Estados Unidos, a Marinha já tinha assinalado o momento histórico em 2011, quando o casal de Lésbicas Marissa Gaeta e Citlalic Snell se beijaram à chegada do navio Oak Hill, na Virgina.