Pode ter sido encontrado o responsável pelo drone que aterrou esta segunda-feira nos jardins da Casa Branca, em Washington.

Segundo o «New York Times», um empregado da Agência Nacional de Inteligência Geoespacial admitiu aos Serviços Secretos que estava a operar o drone, depois de ter bebido.

«Ele disse aos investigadores dos Serviços Secretos que tinha estado a beber num apartamentos nas redondezas e que perdeu o controlo do aparelho», pode ler-se no jornal, que não divulga o nome o funcionário em causa.
 
Segundo a agência Reuters, o porta-voz de Barack Obama já confirmou este incidente com um drone nos jardins da casa branca, adiantando que segundo os primeiros elementos recolhidos, o dispositivo encontrado não representa nenhuma ameaça para ninguém na Casa Branca.
 
Obama e a primeira-dama norte americana estão fora do país, numa visita à Índia durante três dias. No entanto, as filhas de Obama estão em Washington.