Dois manifestantes foram mortos a tiro este domingo em Bujumbura, no Burundi, durante os protestos contra a candidatura do Presidente cessante Pierre Nkunruziza a um terceiro mandato, segundo relataram testemunhas locais.

As forças policiais e grupos de manifestantes envolveram-se em confrontos em vários bairros da capital do Burundi depois do partido de Pierre Nkunruziza ter anunciado que o político seria candidato às próximas eleições presidenciais, previstas para 26 de junho deste ano.

Segundo testemunhas locais, citadas pela agência francesa AFP, os dois manifestantes foram mortos nos bairros de Ngagara e de Musaga.

Um correspondente da AFP disse ter havido pequenas manifestações em várias partes da capital apesar de uma proibição do Governo.