A polícia de Hong Kong informou hoje ter detido uma dúzia de manifestantes pró-democracia após uma noite de confrontos, no primeiro incidente de maior dimensão desde que o último acampamento dos protestos foi desmantelado na semana passada.

Os polícias recorreram ao uso de gás pimenta e bastões para dispersar os manifestantes.

Em comunicado, a polícia acusou os manifestantes de terem “provocado o caos e bloqueado as estradas” na zona comercial de Mong Kok.