A tempestade tropical Gaston transformou-se em furacão,"o terceiro furacão da temporada no Atlântico", avançou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

Em atividade no meio do Oceano Atlântico, a cerca de 1.215 milhas (cerca de 1.955 quilómetros) a oeste de Cabo Verde, o furacão Gaston parece não representar uma ameaça de chegar a terra.

Os dados recolhidos pela missão de monitorização de furacões do centro norte-americano indicou ventos máximos de 75 milhas por hora (cerca de 121 quilómetros hora), com rajadas que podem ser superiores, com o Gaston a deslocar-se em direção a noroeste.

Embora a temporada de furacões no Atlântico ocorra oficialmente entre 1 de junho a 30 de novembro, o primeiro furacão deste ano - Alex - formou-se em janeiro durante um evento de tempo incomum.

O furacão Earl foi o segundo desta época, no início do mês, tendo feito 45 mortes no México.