A Coreia do Norte emitiu um comunicado a apelar às armas contra “os ‘gangsters’ imperialistas norte-americanos”, num comunicado que assinala o 65.º início da Guerra da Coreia (1950-1953).

A Comissão de Defesa Nacional do Estado da Coreia do Norte fez o apelo no aniversário do conflito devastador que Pyongyang diz ter sido iniciado pelos Estados Unidos.

“Apelamos ao mundo para se unir na luta contra os Estados Unidos para desmembrar os ‘gangsters’ imperialistas norte-americanos”, refere o comunicado citado pela agência KCNA.