Um comboio regional descarrilou, esta quinta-feira, em Seggiano di Pioltello, em Milão, Itália, fazendo pelo menos três mortos, avança a agência ANSA. O acidente fez ainda dezenas de feridos, cinco dos quais em estado muito grave.

A informação de que existe uma quarta vítima mortal circula entre os bombeiros no local, mas a mesma ainda não foi confirmada oficialmente.

O comboio, que fazia a ligação entre Cremona e Milão, descarrilou entre as estações e Treviglio e Pioltello. 

A maioria dos passageiros já foi resgatada, mas há ainda cinco a seis pessoas presas num dos vagões. Os bombeiros não descartam a hipótese de mais pessoas estarem encarceradas.

As equipas de resgate continuam no local, por isso, o balanço de vítimas é ainda provisório.

As causas do acidente ainda não foram determinadas. A empresa responsável pelas ferrovias, a Rete Ferroviaria Italiana, está concentrada no facto de terem sido os vagões centrais a descarrilar e não os das pontas.

A circulação ferroviária e automóvel está condicionada devido aos trabalhos de resgate.