Pelo menos uma pessoa morreu e mais de 30 outras ficaram feridas, incluindo algumas com gravidade na sequência de um atentado, perpetrado com uma viatura armadilhada, no extremo sul da Tailândia, anunciou a polícia.

Até ao momento, temos registo de um morto e mais de 30 feridos”, disse o major-general Thanongsak Wangsupa, comandante da polícia da província de Pattani, à agência AFP.

A explosão ocorreu na noite de terça-feira no exterior de um hotel, que ficou “significativamente danificado”, localizado nos subúrbios de Pattani, uma das três províncias do sul de maioria muçulmana a braços com 12 anos de insurgência.