Pelo menos 30 pessoas ficaram feridas na sequência de uma explosão num oleoduto no município de Cardenas, no estado mexicano de Tabasco, segundo uma fonte oficial e a imprensa local.

A Secretaria da Saúde informou, através da rede Twitter, que tinha enviado “pessoal paramédico e ambulâncias para assistir as pessoas feridas na explosão no oleoduto em Cárdenas” e acrescentou que segundo a informação disponível na altura, “havia 30 feridos".

Segundo a imprensa local, trata-se de uma explosão registada durante a noite num oleoduto da empresa estatal Petróleos Mexicanos (Pemex), e que as autoridades de segurança atribuem o incidente à extração clandestina de combustível.