Inicialmente foi avançado que as equipas de resgate chinesas tinham encontrado dois sobreviventes no parque industrial do sul do país atingido por um deslizamento de terras que enterrou mais de 30 edifícios num mar de lama, avançou a imprensa estatal.

Mas horas depois sabia-se que um dos dois homens tratava-se, afinal, de uma vítima mortal, avançou a televisão estatal CCTV.

O outro homem, um jovem de 19 anos chamado Tian Zeming, foi resgatado pelos bombeiros, que retiraram a terra à sua volta com as próprias mãos, enquanto este recebia oxigénio e uma injeção intravenosa.

Segundo a agência oficial Xinhua, Tian encontra-se estável e a receber tratamento hospitalar.

Recorde-se que o deslizamento ocorreu no domingo de manhã (horário local), numa zona industrial em Shenzhen, o principal centro da indústria tecnológica da China, com fábricas de montagem que trabalham para numerosas multinacionais do setor.