Os corpos dos oito turistas mexicanos mortos no Egito num ataque das forças de segurança desse país, no passado dia 13, chegaram na terça-feira à Cidade do México, informaram fontes oficiais.

A Secretaria de Relações Exteriores (SRE) e a Procuradoria-Geral da República (PGR) indicaram, num comunicado conjunto, que após a sua chegada ao aeroporto internacional da Cidade do México, os corpos foram transportados para a Coordenação Geral de Serviços Periciais da PGR.

Ali “serão sujeitos aos estudos adequados, antes de serem entregues aos seus familiares”, segundo as duas entidades.

Os cadáveres dos oito mexicanos saíram na terça-feira do aeroporto internacional do Cairo, depois de terem sido finalizadas as autópsias.

No ataque das forças de segurança do Egito, que dizem ter confundido os turistas com terroristas, morreram também quatro egípcios e outros seis mexicanos ficarem feridos.

A ministra dos Negócios Estrangeiros do México, Claudia Ruiz Massieu, anunciou que o país enviará esta semana uma equipa de advogados da SER ao Egito para dar seguimento às investigações ao ataque.