Pelo menos 17 meninas morreram enquanto dormiam devido a um incêndio que atingiu o dormitório da sua escola no norte da Tailândia, informou hoje o comandante da polícia, acrescentando que várias jovens ficaram feridas ou estão desaparecidas.

“O incêndio começou às 23:00 de domingo (17:00 em Lisboa). Dezassete meninas morreram e duas estão desaparecidas, além de cinco feridas”, disse à AFP Prayad Singsin, comandante da polícia de Vingpatao, em Chiang Rai.

A escola acolhe meninas com idades entre os três e os 13 anos, informou.