Um sismo de 7,9 abalou, esta terça-feira, o sudoeste de Chiniak, no Alasca, gerando um alerta de tsunami para a costa oeste dos EUA e do Canadá, avança a Reuters que cita a agência norte-americana que regista a atividade sísmica (USGS). O alerta foi cancelado cerca das 13:00.

Inicialmente, tinha sido anunciado que a magnitude tinha sido de 8,2, mas o valor foi revisto em baixa pelo USGS

O epicentro ocorreu 00:31 (9:31 em Lisboa), a 256 quilómetros da costa, a uma profundidade de 10 quilómetros. Cerca de meia hora depois do primeiro sismo, a terra voltou a tremer. Uma réplica de 4,7 foi registada a 244 quilómetros da costa.

A escola secundária de Kodiak foi aberta como abrigo de emergência, onde centenas de pessoas se refugiaram.

"Estão aqui cerca de 300 a 400 carros. As pessoas estão calmas, muito muito calmas. É muito difícil de estacionar na escola secundária e as pessoas estão a deixar outras entrarem. Não há sentimento de pânico ou assim. É algo para que nos preparámos durante anos", contou Larry LeDoux, superintendente da escola.