As autoridades da Malásia elevaram este domingo para sete o número de mortos num deslizamento de terras que soterrou, no sábado, 11 trabalhadores num estaleiro de obra.

Cerca de 220 operacionais da polícia, equipas de resgate e pessoal médico procuram os desaparecidos por debaixo da lama que se desprendeu de uma colina adjacente à zona de obras em Tanjung Bungah, no estado de Penang, no noroeste do país.

Um porta-voz da proteção civil confirmou ao jornal The Star que um sétimo cadáver foi recuperado a meio da manhã de hoje, juntando-se a outros três encontrados durante a noite e três descobertos pouco depois do incidente.