Pelo menos quatro pessoas morreram devido ao “aumento súbito” do nível da água causado pelas fortes chuvas, em Girardot, na região centro-norte da Venezuela, informou o ministro do Interior.

As vítimas mortais são três homens e uma mulher, que tomavam banho no município de Girardot, no estado de Aragua, no litoral do país, indicou Nestor Reverol.

As "continuadas precipitações registadas na zona provocaram também um deslizamento de terra que afetou dois automóveis e um autocarro", disse o ministro ao canal de televisão VTV.

Os serviços de socorro iniciaram os trabalhos de busca e as autoridades foram obrigadas a cortar a estrada até à estância turística de Choroní devido às fortes chuvas na região.