Caças franceses bombardearam no domingo instalações militares do grupo extremista Estado Islâmico na cidade síria de Raqa, anunciou o Ministério da Defesa francês, que indicou que um centro de armazenamento de armamento pesado foi destruído pelos mísseis.

Em comunicado, o ministério precisou que nestes ataques participaram quatro caças Rafale, outros quatro Mirage 2000, bem como um avião de patrulha Atlantique 2, utilizado para detetar objetos.

Os aviões de combate lançaram “uma dezena de mísseis de cruzeiro SCALP” que alcançaram o complexo militar “situado no centro do território controlado pelo grupo terrorista”, acrescentou.