Pelo menos sete pessoas morreram e centenas tiveram de ser deslocadas no norte das Filipinas devido ao tufão Goni, que provocou ventos intensos e chuvas fortes, de acordo com fontes policiais.

As vítimas registaram-se nas províncias de Benguet, Mountain e Ilocos Norte, todas situadas na região montanhosa de Cordillera, na ilha de Luzón, segundo o último relatório do Conselho Nacional para Redução de Desastres.

O organismo indicou que seis pessoas morreram soterradas por deslizamentos de terras causados pela chuva, enquanto a sétima vítima morreu por lhe ter caído uma árvore em cima.

Em maio, duas pessoas morreram após uma forte tempestade atingir o norte das Filipinas, causada pela passagem do tufão Noul. 

Muitas das pessoas tiveram de ser retiradas das suas casas, que ficavam no percurso previsto do tufão, que atingiu a costa com rajadas até 220 quilómetros por hora.