A onda de calor que está a atingir o Paquistão já matou pelo menos 122 pessoas no sul do país.

 

O mercúrio dos termómetros chegou aos 45 graus celsius na capital Karachi.

 

As altas temperaturas estão a afetar a maior cidade do Paquistão e outros distritos da província de Sind.

 

O governo da província já declarou estado de emergência em todos os hospitais, onde a maioria das vítimas morreu vítima dos efeitos de insolação.

 

Os efeitos do calor foram potenciados pela falta de energia que afeta a distribuição de água na cidade, uma metrópole com cerca de 20 milhões de habitantes.