Seis em cada dez japoneses apoiam o programa de caça à baleia do país, enquanto 14% admite comer carne de baleia, de acordo com os resultados de uma sondagem conduzida pelo jornal Asahi Shimbun.

O inquérito surge menos de um mês depois de o Tribunal Internacional de Justiça ter determinado o cancelamento do programa no Antártico dos baleeiros japoneses, considerando tratar-se de uma atividade comercial disfarçada de missão com fins científicos com vista a contornar a lei internacional.

A sondagem de opinião, realizada no fim de semana pelo jornal liberal Asahi Shimbun através de entrevistas telefónicas a cerca de 3500 eleitores, mostra que 60% dos 1.756 inquiridos apoia o programa de «investigação», contra 23% que se manifestaram contra.

Dos inquiridos, quatro por cento disseram que comem ocasionalmente carne de baleia, enquanto 10 por cento admitiram fazê-lo raramente.