Três pessoas morreram e 18 ficaram feridas devido à explosão de uma bomba num mercado no sul da Tailândia, anunciou a polícia.

O responsável da polícia Eakapong Rattanachai relatou que um atacante estacionou uma mota carregada de explosivos perto do mercado e comprou produtos para se misturar com os clientes, esta segunda-feira de manhã.

Segundo o tenente, a bomba explodiu quando o atacante saiu da zona do mercado, causando a morte a três pessoas e ferindo 18.

O ataque ocorreu na província de Yala, uma das províncias no sul da Tailândia onde militantes muçulmanos têm levado a cabo atos de insurgência.

Esta é uma das três províncias onde os muçulmanos têm maioria neste país, predominantemente budista.

Mais de 6.500 pessoas morreram devido à violência desde 2004.