A Polícia Marítima informou este sábado ter resgatado, na noite de sexta-feira, 34 migrantes, a maioria afegãos, que estavam num bote à deriva no Mar Egeu.

Em comunicado, a Autoridade Marítima Nacional informou que a equipa da polícia, em missão na ilha grega de Lesbos, resgatou 34 migrantes, entre os quais seis bebés e oito mulheres.

Depois de detetado a partir de terra e pela viatura de vigilância costeira da polícia portuguesa, o bote foi encontrado por uma equipa em patrulha no mar, junto ao Cabo Korokas, na linha de fronteira entre a Turquia e a Grécia.

Os migrantes foram transportados para terra e entregues às autoridades gregas.

Nas últimas semanas, a Polícia Marítima resgatou 944 migrantes).

A força policial portuguesa está em missão na Grécia desde 1 de maio de 2017, no âmbito da agência europeia Frontex e em apoio à guarda-costeira grega, para controlar e vigiar as fronteiras marítimas gregas e externas da União Europeia.