O número dois do grupo extremista Estado Islâmico foi morto durante um ataque aéreo dos Estados Unidos no norte do Iraque, informou hoje a Casa Branca.

O Conselho Nacional de Segurança identificou o militante morto como Fadhil Ahmad al-Hayali, também conhecido como Haji Mutaz.

As forças de defesa dos Estados Unidos explicaram que Al-Hayali morreu juntamente com um operacional daquele grupo conhecido como Abu Abdullah, na passada terça-feira, durante um ataque contra um veículo perto da cidade de Mossul.