freelance









Un Mundo En Guerrareportagem sobre a jihadNuma entrevista ao canal

“Quando estás no campo de batalha, não sentes medo. Eu vou para a Síria sabendo que posso morrer a qualqer momento. Vi como a Jihad assassinou os meus colegas, os meus amigos, mas não penso deixar de ir porque, como jornalista, tenho a responsabilidade de contar o que se passa ali", afirmou à Cuatro.