O Ministério do Interior da Tunísia divulgou imagens de videovigilância no interior do Museu Bardo, onde é possível ver os dois homens armados que na quarta-feira desencadearam um dos mais graves ataques contra estrangeiros naquele país africano. 
 
As câmaras mostram os dois atacantes armados a atravessarem o corredor principal do museu, em Tunes. 
 
O registo de vídeo captou até o momento em que os dois atacantes esbarram num homem que vai a descer as escadas permitindo-lhe que abandone o museu sem o alvejarem. 
 
A mesma sorte não tiveram 20 turistas estrangeiros e três tunisinos que foram mortos neste ataque.