A Bélgica aumentou para o nível máximo o alerta de terrorismo em Bruxelas, que significa “ameaça iminente”, anunciaram as autoridades belgas, nesta sexta-feira.
 
“Após a última avaliação, o gabinete de crise aumentou o alerta para o nível quatro, o que significa uma séria ameaça na região de Bruxelas”, refere a declaração divulgada uma semana após os ataques do Estado Islâmico em Paris e que fizeram 130 mortos.

“A análise que foi efetuada demonstra uma ameaça séria que requer medidas específicas de segurança assim como a divulgação de recomendações especiais junto da população”, acrescenta o gabinete de crise que depende do Ministério do Interior.

Também hoje, as autoridades belgas anunciaram que um suspeito detido, na quinta-feira, foi acusado de terrorismo no âmbito dos atentados cometidos em Paris no dia 13.

Um outro suspeito foi libertado. 

Segundo o Ministério Público, o indivíduo foi "acusado de envolvimento em ataques terroristas e participação nas atividades de um grupo terrorista".