Os serviços de informações internos israelitas (Shin Beth) afirmaram hoje à noite que foram detidos três membros do movimento islamita palestiniano Hamas, suspeitos de preparação do assassínio de um ministro de Israel.

Em comunicado, o Shin Beth especificou que o alegado alvo era o ministro dos Negócios Estrangeiros, Avigdor Lieberman.

Os suspeitos palestinianos são acusados de recolherem informações sobre as deslocações do ministro de e para o seu domicílio, no colonato de Nokdim, na Cisjordânia, e procurarem obter um lança-foguetes para visar o veículo.