O tufão Malakas provocou hoje o cancelamento de uma centena de voos, avisos de evacuação e intensas chuvas no arquipélago japonês, onde as autoridades pediram precaução perante possíveis deslizamentos de terras.

Pelas 11:40 (03:40 em Lisboa), o tufão, classificado como “forte” pela Agência Meteorológica do Japão, encontrava-se junto à costa oeste da prefeitura de Tokushima, onde se emitiram ordens de evacuação que abrangem mais de 4.660 pessoas.

Foi também recomendada a deslocação de 20.400 pessoas em várias zonas da cidade de Kobe devido ao perigo de deslizamentos de terras por influência do tufão, informou a emissora pública NHK.