A operação policial conduzida esta quarta-feira em Bruxelas, em que um suspeito que usava um “casaco comprido com fios” foi detido, não passou de um falso alarme.

O jovem era um estudante que analisava as radiações no centro da cidade e foi confundido com um terrorista.

Na operação policial na Place de la Monnaie, no centro da capital belga, esteve presente uma equipa de inativação de explosivos.

O incidente aconteceu um dia antes do dia nacional da Bélgica, que terá segurança reforçada nas ruas de Bruxelas para as festividades.