O número de mortos nas Filipinas devido à passagem do tufão Melor subiu para 34 e há cinco pessoas que continuam desaparecidas, revelaram este sábado as autoridades do país.

O tufão, que provocou chuvas intensas nas Filipinas e ventos que alcançaram os 185 quilómetros por hora, atingiu o país a meio da semana e deixou, ainda, 24 feridos, segundo o último balanço oficial.

Além disso, 740 mil pessoas foram retiradas das suas casas e 362 mil ainda não puderam regressar.